Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

História da Maré II - de 1940 aos dias de hoje

2000 - Censo Maré
O Projeto

Os anos 2000 trouxeram uma novidade para a Maré, novidade essa que hoje se tornou um fato histórico o qual não pode passar despercebido aos olhos dos leitores de sua história: a realização de um Censo demográfico, que permitiu o aprofundamento do conhecimento socioeconômico das dezesseis comunidades que compõem o seu complexo, além das outras que foram analisadas particularmente.

Dados obtidos pelo Censo

O conjunto de informações coletadas, que gerou a construção do maior banco de dados do país sobre um conjunto de favelas, permitiu ir além da simples quantificação do número de moradores locais, uma vez que possibilitou a produção de iniciativas variadas, como o planejamento da ação pública; a realização de análises densas sobre o local etc.

O Censo Maré 2000 revelou que essa região era, à época, o bairro mais populoso do Estado do Rio de Janeiro, totalizando uma população de 132.176 pessoas habitando 38.273 domicílios, número aquele superior ao total de habitantes de diversos outros municípios cariocas, o que, aliás, sinalizou a possibilidade de emancipação do bairro. Revelou ainda que 6,4% de suas crianças entre 7 e 14 anos estavam fora da escola e que 2% delas realizavam algum tipo de trabalho; entre os adultos (todos aqueles com idade acima de 14 anos) constatou-se que 7,9% não eram alfabetizados.

Através desse projeto, os objetivos de seus idealizadores e colaboradores em identificar quantos eram, onde estavam, quem eram e o que faziam os mareenses foram alcançados.

Topo